[PS2] Silent Hill Origins

Ir em baixo

[PS2] Silent Hill Origins

Mensagem por Jail em Sex Ago 10, 2012 10:44 am



Diferente do que fez com a série Silent Hill no PS1, onde ele acabou ganhando só um título pro console, no PS2 a Konami "abriu a porteira" e acabou lançando 5 games pra plataforma. Mesmo que os games planejados para o console sejam só Silent Hill 2 e 3, mas mais tarde ela acabou portando Silent Hill Shattered Memories do Wii, esse SH Origins do PSP e ainda teve o Silent Hill 4 The Room, que era pra ser um game independente, mas que ela acabou ligando na série. No caso aqui, felizmente, esse Origins ganhou esse porte. O game traz uma história muito importante (que antecede o 1º jogo), pra ficar só no portátil. Tinha que ter mesmo uma versão pro console de mesa.



A histórias do game começa com Travis Grady, um caminhoneiro, que está dirigindo por uma estrada qualquer à noite. Um vulto aparece na frente do caminhão, e ele decide parar para ver o que tá acontecendo. Vê uma garota correndo na neblina e vai atrás dela. Acaba achando uma casa em chamas. Lá dentro vê uma garota queimada, e a salva, mas depois disso, Travis desmaia e já acorda sozinho em Silent Hill. Decide ir atrás da garota que salvou no incêndio. Pra quem zerou o 1º game essa primeira cena se torna meio terrível porque sabemos exatamente o que está rolando aqui...



No meio da sua busca, Travis acaba descobrindo segredos da cidade, assim como conhecendo (e nós, revendo) personagens vistos no 1º Silent Hill como a enfermeira Lisa, o Dr. Kaufman e a sempre sinistra Dahlia Gillespie. Mesmo que você já saiba de antemão o que esse povo tá tramando, o que pode abafar um pouco o clima de suspense, mas isso acaba funcionando a favor, já que fica claro que o destino do Travis não deve ser dos melhores por começar a se envolver com pessoas tão sórdidas que são capazes de coisas cruéis, então a torcida é que ele desista de sua busca, porque pode (e pelo jeito vai) se phoder literalmente. A torcida pelo personagem principal acaba sendo maior que em outros games.



O game trás um sistema mais simples, lembrando mesmo o game original, sem muita mudança (Você vai se sentir jogando uma versão um pouco aperfeiçoada do 1º jogo Silent Hill no PS2, o que acaba não sendo algo ruim). No sistema de batalha você pode escolher a arma que quiser, já que encontra muitas pelo caminho e um caminhoneiro badass como Travis consegue carregar tudo no seu inventário. É só você escolher qual a melhor para qualquer momento. Vale dizer que pra certos inimigos, Travis nem precisa de armas, já que com socos já consegue derrotá-los facilmente (o cara é badass mesmo). Os "Straightjacket" (eu os apelidei carinhosamente de "Bundefora") que aparecem nas ruas de Silent Hill, os as enfermeiras nos hospitais/sanatório podem ser derrotados assim na base do soco sem necessidade de armas brancas ou de tiro, o que é bom, para economizá-las pra horas mais complicadas. Assim, o game previlegia o sistema "melee", de luta corporal, e não tanto a parte de tiro (virar shooter descerebrado? Não, por favor). A única falha na jogabilidade é que a corrida de Travis não dura muito. Quando corre, pouco tempo depois ele já está cansado e assim diminiu o ritmo. Então, é necessário saber usar a corrida nos momentos certos.




Straightjacket enemy aka Bundefora.

Uma coisa que o game traz é que a mudança do mundo "real" para o mundo de pesadelos acontece através de espelhos. Você os toca e muda de um pra outro quando bem entender. A mudança não acontece de forma aleatória como rolava em outros games. Assim em certos ambientes pode planejar melhor ir para um ou outro para pegar itens. Isso funciona em cenários menores como nos Hospital, já em outros maiores (Sanatório), isso pode cansar um pouco, ficar mudando de um pra outro todo o tempo.



Ainda estou jogando o game, então posso acrescentar mais coisas nesse comentário mais tarde, mas pra finalizar: Silent Hill Origins pode não ser o melhor ou mais memorável game da série, mas depois de zerar Downpour, tentei ver qual jogo da série seria o próximo a jogar, acabei parando nesse. A história altamente ligada ao 1º jogo me seduziu, e o game é bem eficente na sua parte técnica (gráficos, sons, jogabilidade, tudo bem agradável). Ótima pedida pra quem curte a série.

avatar
Jail

Mensagens : 68
Data de inscrição : 29/06/2012
Idade : 42
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [PS2] Silent Hill Origins

Mensagem por Jail em Sex Ago 10, 2012 10:45 am

Add:

Me deu uma desanimada em jogar. 01) porque usei muito healthy
drink no sanatório e saí de lá com poucos. E esse healthy drink
recuperam pouca energia, então tem que ter muito mesmo já que os kit de
primeiros socorros (que recuperam a energia toda) são bem raros. Lá vai
eu ter que procurar mais pelo caminho. 02) O Travis cansa muito rápido. A
duração das corridas dele é muito breve. E como se anda muito para um
lado e outro, isso é complicado ficar sem correr ou ficar andando
devagar.

Mas vou continuar insistindo.

*E
no geral, os inimigos não são tão ágeis, e não são tão lerdos, mas tem
uns ataques bem rápidos. Tem o cachorro e o cara da gaiola tem que tomar
cuidado quando se passa perto deles, senão leva uma na cara e nem sabe
daonde veio.
avatar
Jail

Mensagens : 68
Data de inscrição : 29/06/2012
Idade : 42
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum